domingo, 5 de junho de 2005

Touriño reprova língua e o BNG decepciona

Parece que há consenso.

Tanto para reintegracionistas, na votaçom em curso no Portal Galego da Língua, onde nestes momentos ninguém considera Touriño o candidato à Presidência da Junta que melhor fale Galego (face aos 36% que votam por Quintana, 15% por Fraga, e os maioritários 47% que acham que os três falam igual de mal), como para oficialistas, nomeadamente para o mais próximo ao reintegracionismo dos professores de Filologia Galega das três Universidades galegas consultados pola Voz, Manuel Ferreiro: o candidato que pior fala a nossa língua é Touriño, com diferença.

A colocaçom errónea dos pronomes átonos e os castelhanismos léxicos parecem ser os erros comuns aos três candidados principais.

Co mal que fala Fraga, e o mal que vocaliza, é penoso que haja tam pouca diferença na avaliaçom entre o seu péssimo Galego e o de Quintana, em quem, apesar dos muitos erros, eu percebo umha certa melhoria, e aguardo que nom seja apenas umha miragem motivada porque agora pronuncie Galiza e nom Galícia, como até há pouco.

No entanto, a política lingüística do BNG decepciona em Monforte, e nada menos que em Alhariz, promotor do «Projecto Maiores», com web co nome em Castelhano: www.mayoresactivos.com, que anuncia interface em Castelhano e em Inglês, e onde a associaçom galega EuroEume e o Centro Social Lousado, de Portugal, utilizam a nossa língua comum, mas nom a Câmara Municipal de Alhariz que, em vez do Galego-Português, emprega o Castelhano e parece querer empregar também o Inglês (mas por enquanto só nas duas primeiras palavras).

1 comentário:

Anónimo disse...

Menos mal que nos queda Euroeume!!!